Campanha que diminuiu 95% das rasuras em livros ganha nova edição

A Campanha ‘Preserve o Conhecimento’, de uma faculdade de Presidente Prudente, ganha uma nova edição em 2014. Com o objetivo de diminuir o número de rasuras em livros que pertencem ao acervo da biblioteca, o projeto conseguiu uma queda de 95% nas incidências.

A primeira edição foi lançada em meados de 2012. A ação consiste em fazer com que os estudantes e usuários da biblioteca entendam que os rabiscos e anotações estragam os livros. “Por isso foram exibidas mensagens com objetivo de atrapalhar a leitura nos dados do Portal, do site e até nos espelhos dos banheiros da faculdade, para fazer o aluno entender que os rabiscos atrapalham”, explica a bibliotecária da Toledo, Lidiane Prado Reis.

Novamente, com objetivo de promover a conscientização dos usuários da biblioteca, a Toledo retorna com a campanha e espera superar os últimos levantamentos para erradicar os casos de rasuras nos livros.

“Atualmente, o nosso maior problema é em relação às anotações feitas em lápis, pois os usuários acham que porque existe a possibilidade de apagar, acabam rasurando. Mas devemos lembrar que existe o desgaste da publicação”, comenta Lidiane.

A bibliotecária relata que quando o aluno retira o livro, é certificado se está sem rasuras ou rabiscos e o aluno presencia tal conferência. Se na devolução, o mesmo não estiver nestas condições, o usuário ficará incumbido de adquirir um novo exemplar para o acervo.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *