CNPq retira apoio financeiro à biblioteca de periódicos científicos

Uma polêmica no meio científico. A Scielo (Scientific Electronic Library Online), uma base de dados que congrega 270 publicações científicas nacionais de todas as áreas, critica a repentina falta de apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ao seu projeto. Criado há quinze anos, a Scielo virou uma espécie de selo de qualidade para qualquer produção científica nacional e, desde 2002, recebia apoio do CNPq. Mas um edital do conselho, do final de 2012, excluiu o projeto de seus planos.

A Scielo é um projeto da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que é o maior provedor financeiro dessa base de dados, chamada de biblioteca eletrônica. Do orçamento total do Scielo, de R$ 5 milhões anuais, a participação do CNPq é de menor monta. Foi de R$ 320 mil em 2012, que representou 6,5%, segundo a coordenação da Scielo, que considera essa colaboração fundamental. O CNPq admitiu que seu apoio é pequeno, mas que fica entre 10% a 15%.

O CNPq explicou que a Scielo não foi recomendada pelo Comitê Julgador do conselho para o edital de 2012, que tratou de publicações científicas. O diretor de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais do CNPq, Guilherme Sales Melo, disse que o edital optou por focar nas publicações e não na base de dados. Guilherme afirmou que o conselho tem extremo respeito pelo trabalho feito pelo Scielo e que, apesar de excluído do processo de concorrência, foi “recomendado fortemente” à direção da CNPq, para que seja contemplado em outro momento.

- O Comitê Julgador recomendou fortemente que o CNPq apoiasse o projeto por meio de outra fonte de recursos, tendo em vista a importância e relevância do projeto e o histórico apoio deste conselho ao referido repositório virtual de periódicos – disse Melo.

O coordenador científico da Scielo, o professor e bioquímico Rogério Meneghini, lamentou a falta de apoio do CNPq ao projeto e disse que só foi comunicado da exclusão após o resultado do edital ser sacramentado. Meneghini afirmou que, mesmo pequeno, o apoio financeiro do CNPq é importante para manutenção do trabalho e que não sabe dimensionar ainda que prejuízos a falta desse dinheiro trará para as publicações científicas.

- Trabalhamos com a corda no pescoço em termos orçamentários. Foi tão ruim para a Scielo que os editores das revistas filiadas ao projeto ficaram preocupados. Isso vai prejudicar nosso trabalho. O CNPq nos informou que estão prevendo disponibilizar recursos para o projeto e abrir outro edital. Mas não disseram quanto e nem quando – disse o professor Meneghini. – Não é um projeto de São Paulo, e sim um programa nacional, com publicações de várias regiões.

Fonte: CRB-6

One Response to CNPq retira apoio financeiro à biblioteca de periódicos científicos

  1. Essam disse:

    Como atual coordenadora da c1rea de Enfermagem junto a CAPES, elrascee7o que o Qualis constitui sistema de classificae7e3o de perif3dicos utilizado pela CAPES para avaliae7e3o dos programas de pf3s-graduae7e3o brasileiros. Nesse processo todos os perif3dicos se3o reclassificados a cada trieanio mediante crite9rios atualizados de cada e1rea de conhecimento.A c1rea de Enfermagem tambe9m tere1 mudane7as no Qualis dos perif3dicos no trieanio 2010/2012 para atender a vinculae7e3o estabelecida pela CAPES entre estratos: A1 < A2; A1 + A2 ate9 25% e A1 + A2 + B1 ate9 50%.Parabenizo o trabalho desta conceituada Revista em busca de indexae7f5es que comprovam a sua qualidade. Todavia, ne3o considero adequado a incluse3o do Qualis na divulgae7e3o da revista porque este tem finalidade especedfica, conforme mencionado, e a reclassificae7e3o definitiva dos perif3dicos finda a cada trieanio.Assim, informo ainda que inexiste "catalogae7e3o de 2010" da Enfermereda Global em B1. O que temos e9 um Qualis provisf3rio de 2010 que, ainda, ne3o este1 disponedvel no site da Capes e que o definitivo sf3 estare1 disponedvel em 2013 com o processamento de toda a produe7e3o cientedfica dos programas de pf3s-graduae7e3o em Enfermagem, respeitando a vinculae7e3o citada anteriormente,estabelecida pela Capes desde a faltima avaliae7e3o trienal 2007/2009.Ale9m disso, os crite9rios com os novos cortes entre os estratos (A1 ate9 B5) de todas as e1reas de conhecimento devere3o ser submetidos a aprovae7e3o da CAPES.Coloco-me e0 disposie7e3o para outros elrascecimentos que se fizerem necesse1rios.AtenciosamenteCarmen Gracinda Silvan Scochi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>