Sistema de localização em tempo real: quais as aplicações?

Real Time Location System (RTLS) ou, em português, sistema de localização em tempo real é uma tecnologia que tem como objetivo monitorar e localizar itens, tanto objetos quanto pessoas e até mesmo animais, de maneira precisa e em tempo real.

Por se tratar de uma novidade preparamos este post para ajudar você a compreender o RTLS e os benefícios que seu uso pode trazer no meio empresarial. Então, não deixe de ler até o final para não perder nenhuma parte essencial!

Afinal, como funciona a localização em tempo real?

A tecnologia de localização em tempo real possibilita o rastreamento e posicionamento exato de um objeto, ou mesmo pessoas, em tempo real — como o próprio nome se refere. Continuar lendo

Coletor de dados: o que é e qual sua importância

Ao longo das últimas décadas, os valores das empresas foram mudando, conforme a sociedade e a evolução tecnológica. Se há algum tempo, o patrimônio era considerado o principal ativo de um negócio, hoje em dia, as informações e o controle dos dados sobre a própria empresa e o mercado em geral passaram a ser o foco principal de muitas organizações. 

Afinal, quem tem controle sobre os dados gerados pelo próprio negócio consegue identificar mais facilmente possíveis gargalos e preencher lacunas que antes demoravam muito mais para serem percebidas. No texto de hoje, vamos falar mais sobre o coletor de dados e como ele pode auxiliar o dia a dia da sua empresa. Boa leitura! Continuar lendo

Tecnologia: conheça 5 empresas que usam RFID

A tecnologia RFID vem sendo estudada e aprimorada para prover soluções para as empresas. Ela trouxe automatização para os processos de estoque, controle de acesso em eventos, identificação de produtos, entre outros. A utilização dessa tecnologia provê redução de perdas (furtos, extravios, defeitos) para as empresas.

Conheça 5 empresas que usam RFID:

1.    Thyssenkrupp

A Thyssenkrupp utiliza RFID para agilizar o processo de embarque de placas de metal. Cada placa possui uma etiqueta RFID. Ao embarcar essa placa no navio, o leitor lê o código RFID dessa placa e envia os dados dela para o sistema do porto. Dessa forma o sistema sabe as informações de peso, material e que a placa está dentro do navio. Essa tecnologia agiliza o processo de embarque, evitando assim que o navio fique parado por muito tempo no porto. Continuar lendo