As principais dificuldades de implementação de um sistema RFID

A tecnologia RFID (do inglês Radio-Frequancy Identification), conhecida como Identificação por Rádio Frequência, tem possibilitado inúmeros ganhos operacionais nas empresas. Com a sua popularização, é cada vez mais comum questionamentos sobre a eficiência e os benefícios de um sistema RFID.

Quando bem implementado, esse sistema traz uma série de benefícios para a organização, dentre eles a redução dos níveis de estoque, a diminuição no tempo de entrega de mercadorias, a agilidade no compartilhamento de informações, diminuição nos tempos de execução de processos internos e, como resultado, o aumento da satisfação dos clientes.

Contudo, é comum muitos gestores se depararem com uma série de dificuldades durante o seu processo de execução, o que leva a impactos negativos e à queda de performance ao longo da operação. Veja algumas das principais dificuldades enfrentadas na implementação do sistema RFID.

Falta de mão de obra qualificada

A implementação de um sistema RFID possibilita melhoria nos processos produtivos com diminuição de perdas decorrentes de trabalhos repetitivos e de baixo valor agregado, com destaque para a melhora no controle de estoque e na eliminação de erros decorrentes de controles manuais.

No entanto, é comum que empresas se deparem com problemas no processo de implementação por não contar com uma equipe qualificada para sua instalação.

Outro problema seríssimo é a decisão de implementar a tecnologia RFID por conta própria, de forma empírica por considerá-la simples e de fácil compreensão, resultando em uma implementação incorreta. Um sistema RFID implantado de forma incorreta apresenta falhas e perde suas funcionalidades e benefícios tais como:

É fundamental contar com mão de obra especializada, que detenha expertise no processo de implementação de um sistema RFID, pois isso garante a funcionalidade correta do sistema e garante a eficácia da solução e de seus componentes, como leitores, etiquetas, middleware e software.

Resistência diante da implementação de novas tecnologias

Não é incomum colaboradores e até a própria gestão apresentarem certa resistência diante da implementação de novas tecnologias. Não são apenas as dificuldades técnicas que se tornam limitantes no processo de execução do sistema, mas também as dificuldades humanas de assimilação e compreensão.

Não existe um modelo pré-determinado para a implementação do sistema RFID. Isso porque depende do tipo e maturidade e necessidades de cada empresa, ou seja, as funcionalidades da tecnologia estão associadas às características de cada empresa. Portanto, é fundamental compreender as dificuldades e como lidar com elas.

No processo de implementação, tanto colaboradores quanto a alta gestão devem incorporar a nova cultura, de forma a evitar a auto-sabotagem.

Falta de planejamento e custo oneroso

A falta de planejamento quanto a aplicação de um sistema RFID aos processos da empresa acaba levando a custos onerosos e, consequentemente, gerando impactos negativos.

Empresas que não levam em consideração o impacto que o RFID pode trazer aos processos correm sérios riscos de não utilizarem todas as suas funcionalidades e ainda impedirem a viabilidade da sua execução.

A aquisição de componentes para a solução de forma aventureira e sem suporte local, e sem integração entre si, acabam por resultar em erros gerando perdas financeiras e, o mais agravante, no desprestígio da tecnologia.

Um bom planejamento e a consultoria especializada antes da implementação de um sistema RFID possibilita que a empresa otimize os recursos previstos e os direcione para novos investimentos, minimizando os riscos.

Problemas na migração de código de barras para o sistema RFID

No processo de implementação da tecnologia RFID, o empreendedor pode esbarrar na dificuldade de migração do antigo método utilizado – código de barras, para o RFID.

Com relação às leituras, esta mudança de habito é muito rápida e facilmente assimilada pela equipe, já que estamos falando de um processo em que o colaborador deixará de ter que manusear item a item para fazer a leitura desses itens em massa e à distancia, sem a necessidade de contato visual ou direcional, com uma Tag RFID.

Por isso o acompanhamento técnico especializado se torna tão importante, pois este oferece segurança em cada etapa e garante que não ocorram erros durante as fases de implementação.

Agora que você já sabe quais são as principais dificuldades ao implementar um sistema de tecnologia RFID, que tal assinar nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades do segmento? Deixe seu e-mail!

2 Replies to “As principais dificuldades de implementação de um sistema RFID”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *