Como a tecnologia RFID está revolucionando a indústria automotiva

Os vencedores dos prêmios “2017 Annual RFID Journal” usam a tecnologia RFID da Mojix

A Honda foi premiada pela melhor Implementação de RFID em fabricação, usando a tecnologia para facilitar a localização dos veículos em suas plantas.

As soluções de rastreamento de ativos e de cadeia de suprimentos usando a tecnologia RFID estão criando um novo nível de eficiência para os fabricantes de automóveis que esperam manter as margens de lucro nesta indústria tão competitiva.

O mundo da fabricação automotiva é um lugar extretamente competitivo, o que faz com que fabricantes de automóveis estejam sempre a procura de diminuir custos e aumentar as margens de lucro. Como consequência da globalização no mercado, a concorrência está se tornando feroz e desafiando o modelo de produção tradicional. Neste mercado implacável, a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) se tornou uma ferramenta essencial para aqueles que buscam sobreviver em um mundo tão competitivo.

O RFID revoluciona a indústria automotiva

A automatização por RFID começa antes mesmo da montagem dos componentes na fábrica, podendo ser implantado para melhorar significativamente o extravio de remessas, o que torna essa solução perfeita para aprimorar a cadeia de suprimentos. Ao contrário dos sistemas RFID padrão, as soluções de RFID para grandes áreas abertas vão além da visão linear de estoque, tornando visível a área total em diferentes níveis de altura e posicionamento. Itens mal posicionados ou extraviados na planta podem ser identificados, localizados e reorganizados em tempo real, reduzindo o impacto do erro humano nos processos.

Na pós-produção, o rastreamento RFID pode ser usado para localizar qualquer veículo, mesmo em meio a milhares de veículos idênticos. O identificador inequívoco de cada tag RFID é associado ao número do veículo e ao histórico de fabricação do carro, garantindo que o mesmo seja localizado facilmente e que seja enviado para o destino certo.

A fábrica da Honda em Indiana comecou a utilizar o rastreamento por RFID oferecido pela Mojix para otimizar os processos produtivos em sua planta.

O objetivo da Honda, quando começou a pesquisar sobre RFID em 2015, era automatizar a localização de veículos individualmente e em massa. Então, se a empresa desejasse encontrar um carro específico para inspeção, teste, acabamento ou envio, esse veículo poderia ser encontrado individualmente ou todos os carros de um determinado lote.

Cada veículo novo recebe uma etiqueta RFID. Os dados da etiqueta são referenciados em vários pontos ao longo do processo de fabricação, a fim de manter a visibilidade de sua localização. Quando o sistema entrou em funcionamento, a empresa informou que conseguiu reduzir custos, além de melhorar a eficiência geral do seu processo de gerenciamento de estoque.

Nota do autor

A RFID Brasil propõe uma solução vá além das fábricas, plantas e arnazéns das indústrias automotivas. Se já existe a comprovação dos benefícios do uso da tecnologia RFID na produção e expedição (ROI), porque não extender o uso para concessionárias e serviços ao cliente? Na concessionária, além do inventário, o uso dos tags presentes nos veículos pode otimizar os processos administrativos e comerciais. Já para o cliente final, pode-se otimizar a prestação de serviços de revisão e manutenção, até mesmo antecipando-se e surpreendendo o ciente baseado no uso de informações armazenadas e gerenciadas pelo RFID. Os dados armazenados de cada cliente pode oferecer uma experiência personalizada e individual, garantindo a fidelização do mesmo.


Fontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *