O que você deve saber sobre controle patrimonial nas empresas?

Muitas empresas, sejam novas ou já antigas no mercado, não tem um controle patrimonial preciso. Com isso, não sabem o valor de seus bens e sofrem em diversos momentos importantes da vida empresarial. Entenda o que é este conceito e saiba a importância para pequenas e grandes empresas.

Controle patrimonial

Controle Patrimonial é o gerenciamento de todo o patrimônio de uma empresa. É através dele que é possível monitorar e catalogar todos os bens, verificando o valor de cada um deles, e assim, pode-se atribuir valor de mercado da sua companhia, através de uma soma geral. Esse controle tem como objetivo fornecer a situação contábil da organização e a transparência da gestão patrimonial, deve ser feito periodicamente, e manter-se atualizado a despeito de não haver prazo legal para sua realização. Contudo, sabemos da importância de se manter atualizado o balanço patrimonial e contábil.

Não se engane ao pensar que esse controle é válido apenas para grandes empresas. Toda e qualquer empresa, seja grande ou pequena, nova ou tradicional, precisa ter essas informações em mãos.

Por que é importante?

Ao invés de perder tempo com trabalhos repetitivos e manuais que ao final, não vão fazer a contagem precisa dos bens da empresa, você que é gestor pode obter essas informações com emprego de tecnologias que irão agilizar o processo e propiciar confiabilidade, gerando dados precisos que são para valiosos para o controle patrimonial, economizando tempo, evitando estresse e sendo mais eficiente.

Existem sistemas que ajudam nesse controle, para isso, é necessário verificar a necessidade e demanda de sua empresa, avaliando os processos internos, para que seja assertiva a escolha de um sistema, já que estamos falando de um investimento em que o retorno deve ser dentro da expectativa da empresa e de seu gestor. Deve-se considerar o impacto no trabalho com treinamento, capacitação e implantação dele em cada empresa.

Já para empresas menores existem excelentes softwares no mercado que podem ser implantados através da forma SaaS. O que permite usufruir de softwares robustos sem a necessidade de imobilizar capital na aquisição de uma licença perpétua.

Vantagens

Todas as decisões dentro de uma empresa precisam ser tomadas de acordo com a sua situação naquele momento, e, sem o controle patrimonial, é difícil saber exatamente qual é essa situação. Por isso, tendo as informações corretas, a decisão do gestor também será mais assertiva. Decisões corretas colocam o profissional em destaque na sua carreira e dá a sua empresa uma posição de competitividade empresarial.

Tudo que é relacionado ao capital da empresa precisa ser conferido com atenção e, tendo noção exata desse capital, é possível evitar cobranças indevidas de impostos ou até a sonegação fiscal, que é crime.

Se um gestor não tem noção exata do seu patrimônio, a empresa pode ter seus bens furtados e ele não perceber. Por isso, o controle preciso evita esses riscos e gera mais economia pra organização.

Além disso, você vai otimizar investimentos (porque saberá exatamente onde aplicar o capital da empresa), pode valorizar mais a organização na hora de conseguir investidores e ainda, se você optar algum dia pela venda da empresa, saberá exatamente quanto ela vale no mercado, contando desde as aplicações até os seus bens materiais.

Por fim, o certificado ISO 9000, que certifica a qualidade de uma empresa, só pode ser emitido quando ela tem o controle patrimonial correto e ajustado. Com essa certificação, sua empresa ganha muito mais credibilidade no mercado.

Como manter o controle atualizado?

Muitos funcionários vêm e vão nas empresas, e por isso, é importante definir um manual dos procedimentos para o controle patrimonial, evitando desgaste maior do gestor para explicar ou recriar todos os passos com o novo colaborador. Além disso, são estabelecidos padrões a se seguir a partir do manual sem falar de toda uma estruturação advinda da implementação de um bom software de gestão.

Mapear os ativos para não somente encontra-los com mais facilidade bem como ter precisão de sua localização, é mais um recurso para mantê-lo atualizado. Eles podem ser representados através de diagramas ou ainda localização na planta da empresa pois existem softwares modernos que permitem a localização de um ativo na planta da empresa permitindo acompanhar e monitorar sua movimentação e localização em tempo real (RTLS). Dessa forma é mais fácil organizar e administrar o patrimônio dentro da empresa. 

Não faltam vantagens para aderir ao controle patrimonial, independente do segmento e tamanho da empresa. Por isso, comece a se organizar para implantá-lo onde você é o gestor, com certeza irá maximizar os resultados já que estamos falando de tecnologias e processos com ROI positivo. Tem dúvidas, sugestões ou depoimentos? Use o espaço dos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *